Concurso “À descoberta das nossas raízes com Graça Morais”

          Andava a pesquisar na Internet acerca da artísta Graça Morais, quando me deparei com o blogue www.gracamorais.blogspot.com/, onde vinha escrito o regulamento para o concurso “À descoberta das nossas raízes com Graça Morais”. Achei muito interessante e, por isso, decidi postar no meu blogue, com a esperança de que mais pessoas saibam deste concurso e, quem sabe, participem! Talvez eu o faça!

          O regulamento encontra-se escrito em baixo, mas para mais informações podem clicar no site em cima e aí talvez consigam mais alguma explicação.

          Até ao próximo post!

Regulamento

I – Enquadramento

A Associação de Professores de Expressão e Comunicação Visual (APECV) com a colaboração do Centro de Arte Contemporânea Graça Morais organiza no ano lectivo 2010/2011 um novo concurso de Artes Plásticas.

Depois de “olhares sobre” Almada Negreiros, Josefa de Óbidos, Júlio Resende, Helena Vieira da Silva e Arpad Szenes, a APECV aposta numa abordagem mais alargada sobre a obra de uma artista contemporânea: Graça Morais. Mais do que um olhar pretende-se descobrir e entender os caminhos que Graça Morais percorreu e levar os alunos a iniciar uma viagem introspectiva e retrospectiva à procura das suas raízes.

II – Objectivo

O objectivo deste concurso é dar a conhecer às crianças e jovens das escolas portuguesas a obra e o processo artístico da pintora Graça Morais, as interrogações que coloca sobre a sua comunidade, o seu país, a sociedade …

Ao propormos a pintura de Graça Morais como ponto de partida, pretendemos que os alunos compreendam a sua obra contextualizando-a no tempo e no espaço. A partir daí lançamos o desafio aos professores para que trabalhem com os alunos as memórias e identidades, indo à procura das raízes da comunidade onde os alunos vivem ou donde são oriundos.

III – Participantes

Podem participar no concurso os alunos de todos os níveis de ensino, do pré-escolar ao ensino superior.

IV – Trabalhos

São admitidos a concurso trabalhos artísticos sem restrição de tamanhos, suportes, materiais ou técnicas. Se os alunos optarem por trabalhos digitais os professores deverão certificar-se que se tratam de trabalhos de manipulação ou criação digital originais, não sendo aceite a simples reprodução fotográfica dos trabalhos de alunos, ou com os dados biográficos.

Cada trabalho deverá ser identificado, no verso ou na base, com a etiqueta em anexo.

Cada estabelecimento de ensino poderá participar com cinco trabalhos. Juntamente com os trabalhos deverá ser enviada, devidamente preenchida pelo(a) professor(a) responsável, a ficha de inscrição (em anexo). Qualquer informação relativamente ao concurso será comunicada para o e-mail deste professor.

V – Prazos

Os trabalhos devem ser enviados até ao dia 5 de Abril de 2011 para o Centro de Arte Contemporânea Graça Morais.

VI – Júri

Os trabalhos serão apreciados por um júri constituído pela pintora Graça Morais, pelo Director do Centro de Arte Contemporânea, Jorge Costa, pelo coordenador do departamento de Artes Visuais da Escola Superior de Educação de Bragança, Luís Canotilho e pela professora Inês Bárrios (representante da APECV). Os casos omissos neste regulamento serão resolvidos por deliberação do júri.

VII – Prémios

Todos os participantes receberão um certificado de participação. Serão constituídos os seguintes grupos para atribuição de prémios:

Pré-escolar (1º, 2º e 3º prémios);

1º Ciclo (1º, 2º e 3º prémios);

2º Ciclo (1º, 2º e 3º prémios);

3º Ciclo (1º, 2º e 3º prémios);

Secundário (1º, 2º e 3º prémios);

Superior (1º, 2º e 3º prémios);

A cerimónia de entrega de prémios e a inauguração da exposição com todos os trabalhos

VIII – Devolução dos trabalhos

Os trabalhos premiados não serão devolvidos, integrando o espólio da APECV. Todos os trabalhos maiores que A3 ou tridimensionais terão de ser levantados no Centro de Arte Contemporânea Graça Morais no prazo estipulado para a sua devolução. Os restantes trabalhos serão devolvidos no prazo de seis meses a contar da data do final da exposição. Os professores deverão enviar, juntamente com os trabalhos, envelope endereçado e selado com a franquia adequada para esse fim.

IX – Considerações finais

Os professores responsáveis autorizam a APECV a publicar reproduções dos mesmos na sua revista Imaginar, página de Internet e noutras publicações sobre Educação Artística. Será editado um CD com fotografias de todos os trabalhos, que será oferecido a todas as escolas participantes.

Para esse efeito, as escolas deverão fotografar os cinco trabalhos e envia-las para o e-mail foto@apecv.pt. O nome das fotografias deve seguir a seguinte estrutura: nível de ensino, autor, escola e nome do professor.

Exemplo: 2ciclo Joana Martins EB 23 Aurélia de Sousa Prof. Carlos Silva

Organização:

Associação de Professores de Expressão e Comunicação Visual
Rua Dr. Ricardo Jorge, 19 / 2º andar / sala 5 – 4050-514 Porto
Telefone/Fax: 223326617 Telemóvel: 927895721
apecv@apecv.pt
blogue

Centro de Arte Contemporânea Graça Morais
Rua Abílio Beça, 105 – 5300-011 Bragança
Telefone: 273302310 Fax: 273202416
centro.arte@cm-braganca.pt

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s